Barra
Connect with us

Business

Como abrir um departamento de marketing digital na sua empresa

Published

on

Roberto Ferreres- especialista em marketing digital

Roberto Ferreresprofessor e publicitário explica como criar um departamento de markerting digital na sua empresa 

Primeiro você precisa entender a necessidade de um departamento de marketing nas empresas, ele é responsável pelos estudos dos clientes, mercado e concorrentes. Ele garante o posicionamento da marca, manual de identidade e constrói a comunicação da empresa como um todo. É um setor que assegura as informações e os dados dos clientes junto com a gestão de relacionamento do cliente (CRM). É responsável por geração de demandaaumento da receita e apoio condicional as vendas do departamento comercial. Esse departamento precisa entender o DNA da empresa e estar totalmente alinhado com a missão, visão e valores.  

 Os resultados e indicadores mais importantes desse departamento devem ser avaliados de duas maneiras:  

Resultados quantitativos: São mensuradas as métricas de vendas e fidelização com indicadores como crescimento de faturamento, vendas de novos produtos, aumento de ticket médio, aumento de fidelização, diminuição do Churn, que é a perda de receita e de clientes da empresa ao longo do tempo, aumento do Lifetime value, que é o valor que um cliente retorna ao longo do tempo na empresa, focado em fidelização, margem de lucro e recorrência de compras. Uma métrica essencial é mensurar o custo de aquisição de novos clientes (CAC), é a somatório dos investimentos da empresa em marketing ou determinada campanha digital dividida pelo número de clientes novos no período 

 

 Resultados qualitativos: Melhorar a estética de conteúdos de comunicação apresentados aos clientes e todos os stakeholders. Realizar campanhas de marketing com maior apelo de venda. Melhorar a experiência, jornada e satisfação dos clientes como um todo. Estudar, monitorar e gerenciar os conteúdos, palavras-chaves, influenciadores e o que é falado da marca nas redes sociais, sites, blogs, portais de avaliação, imprensa e clientes. Dar apoio ao SAC e a Ouvidoria. E sempre ficar de olho em novas tendências, esse é um mercado em constante transformação tecnológica e mudança do comportamento do consumidor. Uma boa prática é utilizar o benchmarking,  que é o processo contínuo de avaliação da empresa em relação a concorrência, por meio do qual incorpora os melhores desempenhos de outras empresas e aperfeiçoa os seus métodos.   

 Após o entendimento da necessidade pela presidência e direção da empresa, é preciso alinhar aos objetivos estratégicos da empresa, como aumento da receita anual em 5%, abertura de novos canais de venda como um e-commerce, gestão de mídias sociais com conteúdos que gerem engajamento e valor, aumentar a presença digital, aumento do share de mercado.           

 Esses objetivos estão presentes no Balanced Score Card (BSC) da empresa ou no planejamento estratégico. Em cima desses objetivos é calculado o Budget ou investimento do departamento, em média investir de 3% a 5% do faturamento total é um bom patamar, empresas que dependem de vendas diretas de marketing digital, chegam a investir até 10%. Com esses valores em mãos e com a aprovação, inicia a montagem do orçamento anual do departamento. 

 

 Após saber o orçamento, é hora de montar as áreas, cargos e tarefas dos colaboradores que vão atuar no setor atendendo todas as demandas da empresa. Procure contratar profissionais qualificados tecnicamente com formação e experiência. Dependendo do tamanho da sua empresa e necessidades de tarefas você poderá ter profissionais alocados dentro da empresa ou home office, ou prestadores de serviços como agências de publicidade e propaganda, assessoria de imprensa, relações públicas, estúdios, produtoras de vídeos e fotografia, agência de influenciadores digitais.   

 Principais cargos de um departamento de marketing digital:  

 Diretor de Marketing ou CMO (Chief Marketing Officer) 

Formação: Marketing, Publicidade e Administração.  

Responsável por conectar a estratégia da empresa com a estratégia da equipe, cuidar do orçamento de marketing, alinhamento de metas, priorização de projetosacompanhamento de resultados e cumprimento das metas. Manter o relacionamento com os principais parceiros estratégicos.  

 

Gerente de Marketing:  

Formação: Marketing ou Publicidade e Propaganda 

Responsável pelo aumento de produtividade da equipe, distribuição da demanda, alcance das metas, CRM, automação, pesquisa de novas tecnologias e criação do plano de marketing e comunicação. Experiência em gestão de software de planejamento, bigdataautomação de marketing e CRM como Estilingue, MlabsAsana, Sales Force, HubspotPipe DriveRd Station entre outros que hajam necessidades.  

 Coordenador de Marketing ou Analista de marketing: 

Formação: Marketing, Publicidade e Propaganda ou Jornalismo.  

Responsável pelo atendimento das necessidades da empresa e distribuir as tarefas para a equipe, cronograma, atendimento, avaliação da qualidade técnica das entregas, performance de anúncios, otimização de campanhas, revisão de textos, estratégias de SEO, deve acompanhar o mercado e referências do mundo digital.  

Assistente de Marketing Digital:  

Formação: Estudante de marketing, publicidade, design ou jornalismo.  

Responsável de pesquisa de referências, criação de conceitos e redação, envio de recebimento da criação e redação, disparo de e-mail marketing, configura a automação, geração de relatórios, atualização, revisão de SEO, atendimento de mídias sociais, é desejável um conhecimento de edição básica de imagem.  

 

Redator  

Formação: Jornalismo, Marketing ou Publicidade.  

Responsável por produção de conteúdo para mídias sociais, roteiro de vídeos, narrações, textos institucionais e textos para anúncios em geral.  

Designer  

Formação: Design, Fotografia, Cinema, Publicidade ou Artes gráficas.  

Responsável pela criação de imagens e vídeos, fotográfia, captação de vídeos, criação de layout dos sites, criação de e-mail marketing. Esse profissional precisa conhecer os formatos das redes sociais como Facebook, Instagram, Tik TokLinkedInYoutube e de redes de busca como display do google. Desejável conhecimento básico de HTML e edição simples de sites em plataformas de WordPress 

Programador ou Web Designer:  

Formação: TI, Desenvolvedor Full Stack, Engenharia da computação, Ciência da computação e Sistemas de informação.  

Responsável pela construção e manutenção de websites, blogs, integrações de sistemas de CRM, Implementação de plug-ins de automação com plataformas e ferramentas de sistemas e estruturação de sistemas.  

Business

Chega oficialmente ao Brasil o BYD Dolphin Mini de 5 lugares

Published

on

By

Atenta às demandas do mercado brasileiro, a greentech apresenta uma nova versão do modelo, que agora recebe cinco pessoas e apresenta uma outra novidade

(19/07/2024) – O BYD Dolphin Mini, um mês após sua estreia, em fevereiro deste ano, virou o carro elétrico sensação do Brasil e figura entre os 10 compactos mais vendidos do país, entre todas as marcas, reafirmando o desejo dos brasileiros de ter acesso a um veículo sustentável com tecnologia de ponta, conectividade, design, ótima autonomia e com um preço acessível.

O modelo chegou para ser o primeiro carro elétrico de muitos brasileiros e, agora, para
completar a família, estreia no mercado a configuração de 5 lugares. Atualizando o status de carro “game-changer”, o BYD Dolphin Mini ganha uma nova versão para atender às necessidades dos consumidores, mantendo o preço competitivo, de R$119.800.
Além disso o mais novo estreante da linha BYD no mercado nacional também traz consigo um dos itens de tecnologia avançada da marca mais aclamados pelos consumidores: a câmera 360º. São diversas câmeras instaladas pelo veículo que, em sua tela de multimídia podem ser visualizadas ao mesmo tempo, dando ao motorista mais segurança e conforto ao dirigir, em manobras e ao estacionar – uma comodidade oferecida pela greentech e que caiu no gosto dos brasileiros.

O mais novo membro da famíliaBYD Dolphin Mini é construído na mesma plataforma do seu irmão de 4 lugares, a e-platform 3.0. O modelo está disponível nas cores verde Sprout Green com interior azul claro, preto Polar Night Black com interior azul escuro, Peach Pink com interior também rosa e branco Apricity White, com opção de acabamento interno azul escuro ou rosa.

48 HORAS ELETRIZANTES
Os consumidores já podem encontrar o BYD Dolphin Mini de 5 lugares nas mais de 100
concessionárias da marca em todo o Brasil. O novo 100% elétrico chega ao mercado com taxas especiais de 0,99% exclusivas da quarta edição da campanha “48 Horas Eletrizantes” que acontece nos dias 19 e 20 de julho.

Sobre a BYD
Líder na comercialização de veículos elétricos no Brasil e consolidada na fabricação de tecnologia de energia solar, a BYD vem expandindo sua atuação no país, desde sua chegada em 2013. Compromissada em cuidar do planeta e investir na transição energética sem emissão de poluentes, a empresa possui em solo nacional fábricas de montagem de chassis de ônibus 100% elétricos e de produção de módulos fotovoltaicos, ambas em Campinas (SP). Tem também no Polo Industrial de Manaus (AM), uma unidade dedicada à produção de baterias de fosfato de ferro-lítio. Além disso, importa empilhadeiras, paleteiras, rebocadores e caminhões para o Brasil, todos 100% elétricos. Em novembro de 2021, começou a comercialização de automóveis de passeio no país e já conta com diversos modelos e uma rede consolidada de concessionárias em operação. No ano passado deu início ao projeto para a construção do Complexo de Camaçari, na Bahia, onde vai instalar a primeira fábrica de carros fora da Ásia. A companhia ainda é responsável por um projeto de SkyRail (monotrilho) na cidade de São Paulo (SP) (Linha 17 – Ouro do metrô). Eleita pela revista americana Times como uma das 100 empresas mais influentes do mundo, a BYD integra o Pacto Global das Nações Unidas (ONU), uma iniciativa que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

Continue Reading

Business

Oito milhões de carros eletrificados: BYD alcança marca histórica em apenas quatro meses

Published

on

By

BYD alcança marca histórica em apenas quatro meses Greentech havia registrado produção de 7 milhões em março desse ano; no Brasil, BYD Song Plus DM-i ultrapassa volume de 10 mil unidades vendidas.

(05/07/2024) – A BYD consolida sua liderança global em veículos de nova energia ao ultrapassar a marca de 8 milhões de carros produzidos. Além do volume, chama atenção a velocidade do crescimento. Até alcançar a fabricação de um milhão de eletrificados, foram 13 anos. Em um ano bateu 2 milhões de unidades eletrificadas produzidas. O terceiro milhão chegou em seis meses e a companhia bateu 5 milhões em agosto de 2023. E logo em novembro, três meses depois, foi alcançado o novo recorde, de 6 milhões de carros eletrificados produzidos. Somados quatro meses, em março de 2024, a companhia bateu os 7 milhões de carros que saíram da linha de produção e mais quatro meses para o recorde máximo atual: 8 milhões de carros de nova energia entregues.

Com a forte expansão de sua presença no mundo nos últimos anos, a companhia está presente em mais de 400 cidades de 88 países em 6 continentes e, recentemente, inaugurou a mais nova fábrica na Tailândia. Somente no primeiro semestre de 2024, a greentech vendeu mais de 1,6 milhão de veículos eletrificados em todo o mundo, um aumento de 28% em relação ao ano anterior, reflexo de seu crescimento exponencial e que solidifica ainda mais a sua posição de destaque no cenário global.

No Brasil, a BYD se solidificou entre as 10 marcas automotivas que mais emplacam no país,
mantendo-se no ranking pelo terceiro mês consecutivo. Em junho, registrou 5.335 unidades emplacadas. Entre os 100% elétricos, a BYD garantiu a liderança novamente e domina mais de 65% do mercado, com 3.346 unidades emplacadas, mais do que todos os concorrentes somados (de novo).

O destaque do mês fica com o BYD Song Plus, o híbrido plug-in mais emplacado (1.911). Mais: o Song Plus ultrapassou a marca de 10 mil unidades circulando no país no acumulado de 2024, sendo o modelo PHEV que mais emplacou no mercado brasileiro.

Outra conquista relevante vai para o BYD King que, com apenas 6 dias no mercado, chegou à sexta posição no ranking dos sedãs mais emplacados no Brasil em junho, com 78 unidades que já ganharam as ruas.

“O mês de junho foi excelente para a BYD. Comemoramos um ano do lançamento do BYD Dolphin, o nosso modelo 100% elétrico que causou uma revolução no mercado automotivo brasileiro e virou referência, ao dar vida ao ʻEfeito Dolphinʼ, obrigando a concorrência a rever preços. Essa conquista reafirma que o brasileiro tem desejo de ter acesso a um veículo eficiente, inovador e que contribui para reduzir a emissão de poluentes”, celebra Alexandre Baldy, Vice-Presidente Sênior da BYD no Brasil.

Segundo o executivo, a marca segue sua estratégia de trazer para o país carros eletrificados com melhor custo-benefício e anuncia que, em breve, a BYD terá novas novidades que agitarão o mercado, como o lançamento de diversos outros modelos e sempre apresentando novas oportunidades que despertarão o interesse do consumidor brasileiro.

BYD Song Plus é o híbrido plug-in mais vendido do Brasil no acumulado de 2024

A BYD continuará o projeto de expandir a sua presença no mercado global, com sua tecnologia de ponta e seus produtos inovadores para atender às diversas necessidades de consumidores em todo o mundo.

ACUMULADO DO ANO

Entre janeiro e junho, a BYD ostenta mais de 72% do mercado de 100% elétricos e conta com 22.346 unidades emplacadas, acima do número alcançado em todo o ano de 2023. Na soma de carros 100% elétricos e veículos híbridos, são mais de 32.459 novos carros nas ruas do Brasil neste ano, um verdadeiro case de sucesso e a prova de que o brasileiro gosta sim de carros eletrificados.

BYD NAS LIDERANÇAS REGIONAIS

O mês das festas juninas também traz comemorações para a marca, por ter alcançado o top 3 do ranking de emplacamento geral nas cidades de Valinhos (SP), São José dos Pinhais (PR), Indaiatuba (SP), Resende (RJ), Natal (RN) e Mossoró (RN). Em Santana de Parnaíba (SP) a BYD foi a marca que teve mais veículos emplacados ante todas as outras, com 36 novos veículos circulando. Ainda, a BYD foi a terceira marca a emplacar mais carros no Rio Grande do Norte, acima de grandes nomes da indústria tradicional que ainda faz carros a combustão.

A BYD segue sua expansão pelo Brasil e pode comprovar que os carros elétricos já caíram no gosto do brasileiro. Levantamento feito pelo DataFolha mostra que 2 em cada 3 pessoas pagariam mais caro em carro elétrico para combater mudanças climáticas.

Sobre a BYD

Líder na comercialização de veículos elétricos no Brasil e consolidada na fabricação de tecnologia de energia solar, a BYD vem expandindo sua atuação no país, desde sua chegada em 2013. Compromissada em cuidar do planeta e investir na transição energética sem emissão de poluentes, a empresa possui em solo nacional fábricas de montagem de chassis de ônibus 100% elétricos e de produção de módulos fotovoltaicos, ambas em Campinas (SP). Tem também no Polo Industrial de Manaus (AM), uma unidade dedicada à produção de baterias de fosfato de ferro-lítio. Além disso, importa empilhadeiras, paleteiras, rebocadores e caminhões para o Brasil, todos 100% elétricos. Em novembro de 2021, começou a comercialização de automóveis de passeio no país e já conta com diversos modelos e uma rede consolidada de concessionárias em operação. No ano passado deu início ao projeto para a construção do Complexo de Camaçari, na Bahia, onde vai instalar a primeira fábrica de carros fora da Ásia. A companhia ainda é responsável por um projeto de SkyRail (monotrilho) na cidade de São Paulo (SP) (Linha 17 – Ouro do metrô). Eleita pela revista americana Times como uma das 100 empresas mais influentes do mundo, a BYD integra o Pacto Global das Nações Unidas (ONU), uma iniciativa que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras

Continue Reading

Business

Campanha Nacional de Doação de Sapatos para APAEs – Seu Pezinho virou Pezão

Published

on

By

Na última semana, o Hotel SJ Premium Goiânia foi palco de um encontro que vai mudar a vida de milhares de crianças, a Dra. Mírian Queiroz, Procuradora Geral Fenapae e Representante da Apae Anápolis, Cacilda, Representante Apae Teresina e Walkíria Calixto, CEO Pezinho e Cia assinaram o compromisso e oficializaram a campanha nacional de doação de sapatos, “Seu pezinho virou pezão”, em parceria entre a Pezinho e Cia e as APAEs de todo o país.

Espera-se arrecadar mais de 2500 pares de sapatos superando a meta de 2023.

A campanha “Seu Pezinho Virou Pezão” tem como objetivo arrecadar calçados infantil e infantojuvenil, novos e seminovos, em bom estado de conservação, para serem doados. Serão 33 pontos de coleta espalhados por todo o Brasil, em que os sapatos serão triados, limpos e embalados. Em seguida, serão encaminhados para as diversas APAEs, e, então, destinados às crianças. As doações poderão ser feitas a partir do dia 19 de junho em qualquer loja do Pezinho e Cia em todo o território nacional.

O projeto nasceu da vontade da CEO Walkiria Calixto de criar uma ação que abraçasse a sociedade: “Após quatro décadas atuando no mercado infantil, sentimos o desejo de retribuir à comunidade parte do que recebemos ao longo desses anos. Por isso, decidimos unir esforços com outras pessoas e organizações que compartilham desse propósito social. Com essa parceria com a APAE, vamos garantir que nossas doações cheguem às mãos de quem realmente precisa. Estamos empolgados para ver a participação da comunidade nessa iniciativa e também envolver a indústria de calçados infantis, uma vez que somos uma das maiores compradoras do setor no país. Uma simples doação pode transformar o dia a dia de uma criança, oferecendo-lhe uma base mais segura para caminhar em direção a um futuro melhor”.

Continue Reading

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do Terra