Barra
Connect with us

Geral

Debate sobre cursos presenciais e à distância são desafios no Ensino Superior do país

Published

on

Em entrevista ao Young Podcast, a secretária de Ensino Superior do MEC Profª Denise Pires de Carvalho, aponta os principais desafios da pasta para 2024 

Um dos desafios para cumprir a meta do Plano Nacional de Educação (PNE) Lei 13.005/2014 e como fazer para reverter o quadro de desinteresse do jovem estudante em concluir o curso superior e integrar a sociedade de forma ativa, foram os principais assuntos discutidos entre a secretária de educação superior do MEC Profª Denise Pires de Carvalho e Rodrigo Bouyer, avaliador do INEP e sócio diretor da BrandÜ Consultoria e da Somos Young, no terceiro episódio da série “Young Podcast”.  

Um dos pontos principais do debate foi relacionado às questões de ensino presencial e à distância, para a secretária: “em algumas profissões só se formam profissionais de qualidade com uma experiência no campo de atividade e práticas diárias. Por exemplo, não se consegue formar enfermeiros de qualidade com cursos EAD, estou citando a enfermagem, mas podemos incluir outros cursos”, explica a secretária. 

Segundo a especialista, um dos desafios do MEC será aumentar a regulação sobre os cursos ofertados na modalidade à distância, bem como a definição de quais profissões podem ser cursadas neste método de ensino e quais deverão ser proibidas sob pena de um estudante com formação inadequada causar danos à sociedade. “Acolhimento, cuidados e humanização são fundamentais para um profissional completo, ainda mais na área da saúde”, completa. 

Rodrigo Bouyer, avaliador do INEP, sócio diretor da BrandÜ Consultoria e da Somos Young conduziu a entrevista abordando temas como etarismo nas universidades, necessidade de incentivar jovens ao ensino superior, a importância da interiorização de universidades e cursos especializados, evasão de alunos por problemas socioeconômicos, principal causa das desistências no país. 

A média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em países da Europa e nos Estados Unidos é de 47%, enquanto o Brasil não atinge atualmente a média de 25% e antes dos anos 2000, o índice era ainda pior, não ultrapassando a marca de 20%. “Ao mesmo tempo que estamos falando de um país que precisa se desenvolver e fomentar a educação superior, estamos falando de um país que teve aumento da insegurança alimentar, aumento da fome, aumento da pobreza. Como fazer o aumento da educação e ao mesmo tempo atender esta demanda presente que é a erradicação da fome e da extrema pobreza do Brasil, este é um desafio gigante para os próximos anos”, explica Denise. 

O “Novo FIES” também foi assunto de destaque na conversa e o que a secretária pode adiantar é que a pasta está trabalhando muito para apresentar um “FIES de inclusão, reconstrução do projeto e mais facilidade de acesso para os estudantes. Para 2024 este novo programa vem repaginado, já começamos com o reajuste do teto do curso de medicina e tantos outros projetos para que os alunos não apenas ingressem no curso desejado, mas que eles possam se formar e ser um gerador de recursos para a sociedade. E não só o FIES mas os demais programas assistenciais como o Prouni e o SiSu”, finaliza a secretária. 

O conteúdo completo da entrevista está disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=h_7zlcc1_bs

Um dos principais canais de notícias e debates sobre o Ensino Superior no Brasil, o Young Podcast, traz com exclusividade uma entrevista reveladora com a secretária de Educação Superior do MEC, Profª. Denise Pires de Carvalho, que acumula em sua trajetória de sucesso passagens pela Universidade Federal do Rio de Janeiro como professora titular e reitora, foi diretora do Instituto de Biofísica do Hospital Carlos Chagas Filho, presidente da sociedade latino americana de tireoide e, desde janeiro deste ano, assumiu a secretaria de educação superior do Ministério da Educação. 

Continue Reading
Advertisement

Geral

BYD Tan 2025 oferece 700km de autonomia para conquistar a estrada

Published

on

By

Com design arrojado, sete lugares espaçosos e tecnologia de ponta, o BYD Tan 2025 oferece uma experiência de direção prazerosa, sem abrir mão da sustentabilidade. A editora-chefe das Revistas Economia S.A. e Viajar S.A., Ale Astolphi, teve a oportunidade de testar o novo modelo em um dos cenários mais charmosos do Brasil: Campos do Jordão. E o resultado foi simplesmente incrível!

A experiência a bordo do SUV elétrico deixou claro que o Tan é um carro para quem busca conforto. O modelo possui dimensões generosas, com 5,01 metros de comprimento, 1,98 metros de largura e 1,87 metros de altura. Sua distância entre eixos de 2,92 metros garante um amplo espaço interno para os sete ocupantes, proporcionando conforto e praticidade para viagens longas.

Além disso, o Tan recebeu um facelift que o torna ainda mais imponente e elegante. As linhas do SUV elétrico foram redesenhadas, com um para-choque dianteiro mais agressivo e uma grade frontal com detalhes cromados que realçam a presença do veículo.

Mas a beleza do modelo produzido pela montadora chinesa vai muito além do visual. Com sete lugares espaçosos, o Tan é a escolha ideal para famílias que buscam conforto e praticidade em suas viagens. O porta-malas também é generoso, com capacidade para acomodar todas as malas e a bagagem para uma aventura em família.

Mas o grande trunfo do Tan é sua autonomia. Ale Astolphi revela que ficou impressionada com a performance do SUV elétrico durante o teste em Campos do Jordão, percorrendo longas distâncias com tranquilidade. A bateria de 108,8 kWh garante ao novo modelo um alcance de até 700 km com uma única carga, de acordo com o ciclo de testes WLTP. Essa capacidade de percorrer longas distâncias sem precisar se preocupar com recargas, abre um leque de possibilidades para explorar as estradas com mais liberdade e sem preocupações.

O Tan ainda oferece um conjunto completo de tecnologias. O sistema de direção autônoma, por exemplo, é capaz de manter o veículo na faixa de rolamento e controlar a velocidade de forma automática, reduzindo a carga sobre o motorista em situações de trânsito intenso ou em viagens longas. O SUV também conta com um sistema de frenagem de emergência autônoma, que identifica possíveis colisões e aciona os freios automaticamente, minimizando o risco de acidentes.

O veículo também conta com um sistema de infoentretenimento avançado, com tela touchscreen de 15,6 polegadas que integra diversas funções, como navegação GPS, conectividade Bluetooth, sistema de som premium e muito mais, garantindo uma experiência conectada e interativa para todos os ocupantes.

O modelo está disponível com um preço sugerido de R$ 536.800, um investimento que garante uma experiência de direção única. Para saber mais sobre o BYD Tan EV 2025 e descobrir todas as suas vantagens, acesse o site da BYD Brasil (https://byd.com.br/).

Continue Reading

Business

Chega oficialmente ao Brasil o BYD Dolphin Mini de 5 lugares

Published

on

By

Atenta às demandas do mercado brasileiro, a greentech apresenta uma nova versão do modelo, que agora recebe cinco pessoas e apresenta uma outra novidade

(19/07/2024) – O BYD Dolphin Mini, um mês após sua estreia, em fevereiro deste ano, virou o carro elétrico sensação do Brasil e figura entre os 10 compactos mais vendidos do país, entre todas as marcas, reafirmando o desejo dos brasileiros de ter acesso a um veículo sustentável com tecnologia de ponta, conectividade, design, ótima autonomia e com um preço acessível.

O modelo chegou para ser o primeiro carro elétrico de muitos brasileiros e, agora, para
completar a família, estreia no mercado a configuração de 5 lugares. Atualizando o status de carro “game-changer”, o BYD Dolphin Mini ganha uma nova versão para atender às necessidades dos consumidores, mantendo o preço competitivo, de R$119.800.
Além disso o mais novo estreante da linha BYD no mercado nacional também traz consigo um dos itens de tecnologia avançada da marca mais aclamados pelos consumidores: a câmera 360º. São diversas câmeras instaladas pelo veículo que, em sua tela de multimídia podem ser visualizadas ao mesmo tempo, dando ao motorista mais segurança e conforto ao dirigir, em manobras e ao estacionar – uma comodidade oferecida pela greentech e que caiu no gosto dos brasileiros.

O mais novo membro da famíliaBYD Dolphin Mini é construído na mesma plataforma do seu irmão de 4 lugares, a e-platform 3.0. O modelo está disponível nas cores verde Sprout Green com interior azul claro, preto Polar Night Black com interior azul escuro, Peach Pink com interior também rosa e branco Apricity White, com opção de acabamento interno azul escuro ou rosa.

48 HORAS ELETRIZANTES
Os consumidores já podem encontrar o BYD Dolphin Mini de 5 lugares nas mais de 100
concessionárias da marca em todo o Brasil. O novo 100% elétrico chega ao mercado com taxas especiais de 0,99% exclusivas da quarta edição da campanha “48 Horas Eletrizantes” que acontece nos dias 19 e 20 de julho.

Sobre a BYD
Líder na comercialização de veículos elétricos no Brasil e consolidada na fabricação de tecnologia de energia solar, a BYD vem expandindo sua atuação no país, desde sua chegada em 2013. Compromissada em cuidar do planeta e investir na transição energética sem emissão de poluentes, a empresa possui em solo nacional fábricas de montagem de chassis de ônibus 100% elétricos e de produção de módulos fotovoltaicos, ambas em Campinas (SP). Tem também no Polo Industrial de Manaus (AM), uma unidade dedicada à produção de baterias de fosfato de ferro-lítio. Além disso, importa empilhadeiras, paleteiras, rebocadores e caminhões para o Brasil, todos 100% elétricos. Em novembro de 2021, começou a comercialização de automóveis de passeio no país e já conta com diversos modelos e uma rede consolidada de concessionárias em operação. No ano passado deu início ao projeto para a construção do Complexo de Camaçari, na Bahia, onde vai instalar a primeira fábrica de carros fora da Ásia. A companhia ainda é responsável por um projeto de SkyRail (monotrilho) na cidade de São Paulo (SP) (Linha 17 – Ouro do metrô). Eleita pela revista americana Times como uma das 100 empresas mais influentes do mundo, a BYD integra o Pacto Global das Nações Unidas (ONU), uma iniciativa que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

Continue Reading

Geral

Palestrante dá dicas sobre felicidade sob o viés da Psicologia Positiva e Neurociência

Published

on

Chirles de Oliveira é professora universitária, mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM/SP, jornalista por formação, Pós-graduada em Marketing e em Psicologia Positiva, é idealizadora do Instituto Felicidade Sustentável e da Virada da Felicidade, um movimento que visa democratizar os conhecimentos da Ciência da Felicidade na promoção de uma cultura de bem-estar integral e práticas de felicidade.

Na busca por excelência em uma formação de vanguarda, a palestrante atua também como Instrutora de Mindfulness e tem um currículo muito interessante: é certificada em Ciências Holísticas e Economia para Transição pela Escola Schumacher Brasil.

Tem certificações ainda pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC em Psicologia Positiva e Master Coach, e em Felicidade Interna Bruta -FIB e Chief Happiness Officer – CHO pelo Instituto Feliciência.

Chirles fez transição de carreira da educação universitária para área de desenvolvimento humano e como fundadora do Instituto Felicidade Sustentável, realiza palestras e treinamentos de liderança cujo objetivo é contribuir na formação de líderes e cidadãos mais humanizados, capazes de promover bem-estar, engajamento e felicidade no trabalho. 

Como idealizadora e CEO da Virada da Felicidade – um evento anual que acontece sempre a partir do dia 20 de março – data instituída pela ONU como o Dia Internacional da Felicidade – com grande visibilidade e que reúne profissionais especializados em bem-estar, expansão da consciência para a construção de uma sociedade mais justa, feliz e sustentável.

Continue Reading

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do Terra