Barra
Connect with us

Geral

Feira de Artes da Vila Madalena volta às ruas em 2022 com o melhor da gastronomia, do lazer e das compras

Published

on

Prepare-se! Estamos na contagem regressiva para a 45ª Feira de Artes da Vila Madalena. Depois de dois eventos virtuais em razão da pandemia de covid-19, a feira retorna às ruas da Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, no dia 28 de agosto, último domingo do mês, das 9h às 20h. Um dia para passear, curtir, comer bem e fazer compras direto de quem produz. Todo o agito acontece pelas ruas Fidalga, Fradique Coutinho, Mourato Coelho e Wizard. São 400 expositores de artes e artesanato vindos de diferentes pontos do Brasil e da América Latina, além de 80 espaços de gastronomia e de outras intervenções culturais.

A 45ª edição destaca o tema “Afasta de nós esse ódio, Pai” ,uma reflexão sobre a necessidade de reconstruir, sem violência, o diálogo entre as pessoas. O mote também surge em defesa do Estado Democrático de Direito que permeia uma sociedade livre e sem ameaças autoritárias.

As novidades ficam por conta da parceria com a Realixo para a coleta de resíduo orgânico e reciclável da feira. Essa ação visa diminuir o impacto da produção e promove a destinação correta de resíduos e rejeitos. É o compromisso que a Feira de Artes da Vila Madalena assume rumo ao lixo zero. Ainda temos duas novas ruas: Rua dos Orgânicos e Rua das Mulheres Empreendedoras.

Na Rua dos Orgânicos (Mourato Coelho x Wizard), encontramos produtos cultivados a partir da agricultura familiar, por meio de associações de produtores, e de empresas que trabalham na divulgação e no fortalecimento dos orgânicos no Brasil. Já na Rua das Mulheres Empreendedoras (Fradique Coutinho x Aspicuelta), mulheres periféricas mostram sua arte e ressaltam a potência de criação dos subúrbios.

Tem mais! Não poderiam faltar as áreas conhecidas do público: Rua das Crianças e Espaço Pet.

Diversão é na Rua das Crianças (viela Felipe de Alcaçova)! Lá, entre outras atividades, a garotada solta a imaginação no projeto Brincadeiras de Rua. A iniciativa busca resgatar as brincadeiras dos anos 70, 80 e meados de 90, quando, por exemplo, usando uma latinha fazíamos um telefone sem fio.

O Espaço Pet (Fradique Coutinho, perto da Rua das Crianças), área dedicada aos animais de estimação, apresenta atrações especiais e venda de produtos e acessórios.

A parte de bares e gastronomia vem com tudo nesta volta às ruas. Os pontos de bar estão espalhados pela feira e oferecem as melhores opções e cartas de bebidas. Na Praça de Alimentação (Wizard entre Mourato Coelho e Fradique Coutinho), uma variedade de menus em barracas de comidas afetivas e restaurantes de culinária mundial.

Para dançar, cantar, curtir boa música, preparamos uma super programação nos quatro palcos de shows interativos + um palco DJ. Ninguém vai ficar parado! O encerramento da feira terá muito ritmo e samba no pé com a escola de samba Pérola Negra, no Palco Fidalga.

A 45ª Feira de Artes da Vila Madalena é realizada pelo Centro Cultural Vila Madalena ,com apoio da Agência de Fortalecimento do Terceiro Setor (Afortes)

Serviço Completo:

45ª Feira de Artes da Vila Madalena

Quando: 28 de agosto de 2022, domingo, das 9h às 20h

Onde: ruas Fidalga, Fradique Coutinho, Mourato Coelho e Wizard – Vila Madalena, São Paulo

Realização: Centro Cultural Vila Madalena

Apoio : Agência de Fortalecimento do Terceiro Setor (Afortes)

Entrada gratuita e para todas as idades

Siga @feiradavilamadalena

Continue Reading
Advertisement

Geral

6 em cada 10 brasileiros LGBT relatam dificuldades em conseguir trabalho

Published

on

By

Seis em cada dez brasileiros LGBTQIAPN+ relatam dificuldades em ingressar no mercado de trabalho, segundo dados da terceira edição do estudo do Oldversity, produzido pelo Grupo Croma. Por outro lado, 52% percebe que marcas e empresas têm se ajustado mais às suas necessidades.

Quatro em cada dez pessoas creem que as lojas estão mais preparadas para atender o público LGBTQIAPN+. A Natura possui o maior índice de aceitação, com 33%; O Boticário, segunda no ranking, com 12%. Globo e Avon possuem 6%.

Fonte: Veja

Continue Reading

Geral

Camila Silveira vai palestrar no evento, que é imperdível para empreendedores, visionários e amantes do desenvolvimento

Published

on


A primeira edição da Expo Arujá, maior feira de negócios do Alto Tietê, acontece de 8 a 10 de maio, das 10h às 20h. Arujá será o epicentro de oportunidades para indústria, comércio, serviços e agronegócio.

A feira é um espaço onde as mentes mais inovadoras se reúnem, em que negócios são iniciados e parcerias são forjadas. O evento conta uma ampla gama de expositores representando diversos setores, desde a indústria até o agronegócio. Esta é a oportunidade de explorar novos horizontes e expandir operações.

Durante três dias, acontecem palestras de líderes de pensamento e especialistas em diversos campos. E no dia 10 de maio, às 14h, a oportunidade única de participar do evento de capacitação ao Marketing Digital, com a renomada Camila Silveira. O participante poderá aprimorar suas habilidades e levar sua estratégia de marketing para o próximo nível.

Saiba por que participar da feira:

Networking Poderoso: Conecte-se com outros empresários, fornecedores e especialistas do setor. A troca de ideias e experiências pode abrir portas inimagináveis.

Oportunidades de Negócio: Descubra novos produtos, serviços e tecnologias que podem impulsionar o crescimento do seu negócio.

Atualização Profissional: Mantenha-se à frente da concorrência com insights valiosos das palestras e workshops ministrados por especialistas reconhecidos.

Visibilidade da Marca: Exponha sua empresa para um público qualificado e aumente o reconhecimento da sua marca.

O evento acontece no Aflord – Estrada Pl Arujá Para mais informações e para garantir sua presença, visite o site oficial em www.aexpoarujá.com.br.

Continue Reading

Geral

Casamento x união estável- saiba as principais semelhanças e diferenças nas duas formas legais de relacionamento

Published

on

Advogado Daniel Romano Hajaj fala sobre os regimes de casamento

Muito se pergunta quais são as principais semelhanças e diferenças entre a união estável e o casamento.O advogado Daniel Romano Hajaj, com vasta experiência em direito de família, esclarece que ambas são formas legais de estabelecer um vínculo matrimonial, seja entre pessoas do mesmo ou de diferentes sexos.

“O casamento é a forma mais tradicional de união em nosso País. É uma forma de reconhecimento automático e garantia dos cônjuges a todos os direitos previstos em nossa legislação, como divisão de bens em um divórcio e herança, por exemplo”.

Em relação à União Estável, o advogado esclarece que ela tem que cumprir alguns requisitos, sendo os principais uma convivência pública, contínua e duradoura, com objetivo de constituição de família, e, não necessariamente que tenham filhos.

“Quanto ao regime de bens, ou seja, a forma com que o patrimônio do casal será gerido, as regras são as mesmas. A diferença é que na União Estável, se ela não for registrada, a regra é o regime de comunhão parcial de bens, ou seja, tudo o que foi adquirido após o início do relacionamento, pertence a ambos”, enfatiza o advogado.

Em relação ao regime de casamento, o advogado esclarece que são 3 os mais utilizados, a comunhão parcial de bens, que é a regra, tanto para casamento, quanto para união estável, onde tudo o que é adquirido após a união pertence ao patrimônio comum do casal. A separação total de bens, onde cada cônjuge tem o seu patrimônio, separado e não se comunica com o patrimônio do outro; e por fim, a comunhão total, onde todos os bens, sejam anteriores ou posteriores ao casamento integram o patrimônio do casal.

“A grande diferença é que no caso do casamento, há possibilidade de mudança do regime de casamento, ou seja, você pode mudar de comunhão parcial para separação total por exemplo, já na união estável, se não há registro, prevalece a comunhão parcial de bens”, ressalta o advogado Daniel Romano Hajaj.

Por outro lado, esclarece o advogado, que a União Estável pode ser registrada a qualquer tempo, com data retroativa, ou seja, o casal pode viver anos juntos, sem registro algum e, em dado momento, formalizar a união indicando o mês e ano de início e, ainda, o regime de bens. Essa possibilidade é interessante quando há necessidade de proteger o patrimônio do casal.

Já em relação ao término do relacionamento, as regras estipuladas do regime de bens têm que ser observadas e a divisão tem que ser conforme o previsto na legislação.

“Mas quando falamos em união estável informal, o famoso, vamos morar juntos, a divisão dos bens e torna um problema, e, muitas vezes, é necessário entrar com uma ação para reconhecer e dissolver a união estável, pedindo, ainda, que o juiz determine a divisão dos bens, ainda que registrados apenas em nome de um dos cônjuges”, ressalta o advogado.

Por fim, o advogado enfatiza que para o casal resguardar seus direitos de forma saudável, devem sempre conversar e alinhar, seja no momento da união, seja no momento da separação, já que em um litígio, onde a decisão será dada por um juiz, todos acabarão perdendo.

Continue Reading

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do Terra