Barra
Connect with us

Sem categoria

Médico Laerte Perez é o único treinador de inteligência emocional no Brasil especialista em saúde mental

Published

on

Filho de uma médica pediatra e de um advogado, Laerte Eugenio Perez nasceu e foi criado na cidade de Sumaré, interior do Estado de São Paulo. Antes mesmo de vir ao mundo, já era uma criança muito esperada e amada por sua família. Teve uma infância feliz, mesmo com os desafios e imprevistos da vida, quando sofreu a dor de uma separação entre seus pais quando ainda tinha apenas oito anos de idade.

Mesmo passando por essa experiência inusitada, Laerte desde criança já procurava enxergar o lado positivo da vida, sempre. Seus pais eram referências em suas áreas profissionais, além de muito queridos pela sociedade, sempre dispostos a ajudar o próximo. E, isso o fez acreditar que o mundo poderia ser bom, que as coisas poderiam ser positivas. Dependia de a gente poder construir.

Na adolescência, sofreu com rejeições, principalmente na escola. Assim como superou na infância momentos de desafio e tristeza, Laerte sabia que, na vida, de certa forma, tudo passa. Que é preciso ter sabedoria de deixar ir o que tem de ir, e permitir chegar o que tem de chegar. Desafios, aliás, nos colocam para cima, nos tiram da zona de conforto, e a vida trouxe para ele o fato de ser altruísta, ser complacente, ter compaixão.

Ainda na adolescência, ao conhecer o projeto da Casa da Sopa, em Sumaré, a ação tinha como principal objetivo trazer os jovens da sociedade de alto padrão aquisitivo, para ajudar jovens de baixo padrão a ter uma vida mais digna. Às terças-feiras ajudava a preparar e entregar caldeirões de sopa pelo município. Aos sábados, recebia crianças na instituição para um dia de educação e brincadeiras. No final do dia, tinha pão com leite para todos.

Em meio a muito afeto e amor, jovens educavam as crianças. Foi, então, que Laerte teve o primeiro grande choque de realidade em relação à sociedade para o desenvolvimento pessoal e inteligência emocional. Uma vez por semana também vinham terapeutas da cidade de Campinas, ministrar aulas. Esse momento foi significativo para que Laerte se encontrasse consigo mesmo de uma forma equilibrada. Que momentos de respiração, meditação e silêncio, ajudavam a acalmar, trazendo mais leveza para a vida. Que era possível estar no controle da nossa vida.

Ainda na adolescência, soube do curso Leader Training. Sua mãe já havia feito alguns anos antes, e ao fazer, voltou mudada, com novos projetos e objetivos. Mas, apenas aos 16 anos pôde fazer o curso, por uma indicação de um tio, como presente de aniversário. Do início ao fim do treinamento, se emocionou copiosamente, com a intensidade que viveu todos os dias. Neste final de semana, criou uma frase que virou sua filosofia de vida: “Laerte seja feliz!”. E, deste dia em diante, saiu convicto de que iria dar esse treinamento para as pessoas.

Para escolher a sua profissão, fez um teste vocacional. Medicina foi a que mais se adequou ao seu perfil. Iniciou o curso em 2001, e foi em Presidente Prudente, que concluiu seus estudos. Fez pós-graduação em psiquiatria, porque nesta disciplina poderia fazer psicoterapia com pacientes e prescrever remédios. Fez diversos cursos de inteligência emocional. Aprimorou técnicas e conheceu outras. Em 2009, realizou o seu primeiro treinamento de Leader Training – intitulado LT Campinas.

Sempre sedento em busca de conhecimento, do saber, e também pelo desafio, Doutor Laerte Eugenio Perez estudou e se especializou em Dependência Química e Terapia Cognitivo Comportamental Aplicada. Em 2012 retomou os treinamentos. No ano seguinte, surgiu a empresa Silva4 Treinamentos – Silva, sobrenome de maior registro no cartório, mostrando a ideia de que todos somos iguais, e o 4, número que representa o abraço em uma determinada dinâmica do curso.

Laerte Perez é o único treinador no Brasil formado em medicina e especialista em saúde mental. Viúvo, pai de três filhos, há mais de 20 anos ele dedica praticamente toda a sua vida para transformar pessoas. Aliás, é essa a missão da Silva4: “Transformar pessoas, unindo famílias”. Como ele mesmo diz e vive: A vida reconhece o valor, daquele que trabalha a favor dela.

Continue Reading
Advertisement

Sem categoria

Elis dos Anjos fala sobre prêmio na Alemanha e o mercado do design no mundo

Published

on


Aos 38 anos, Elis dos Anjos é especialista em Design, Inovação, Liderança e Protagonismo Feminino, além de ser duas vezes TEDX SPEAKER e somar mais de 15 anos de experiência em liderança e mentoria de negócios inovadores. Considerada uma das principais vozes do Design Brasileiro atual, acaba de conquistar o prêmio German Design Awards 2024, representando o talento brasileiro e passando a mensagem à nova geração de designers que busca mais que beleza ou otimização de marca, indo além por um mundo melhor.

Inspirada pelas mulheres da sua família, principalmente pela mãe, sabe que a realidade profissional ainda é desigual para as mulheres, mas acredita que não se pode ficar de braços cruzados. “Enquanto mulheres, cada passo dado deve ser usado para inspirar, empoderar, mostrar que ao contrário do que culturalmente fomos projetadas, podemos chegar aonde quisermos. Sucesso, afinal, é verbo. E esse verbo é coletivo, uma ação que é uma conquista das nossas ancestralidades, com o nosso futuro. Minhas alunas são meu futuro. As meninas e mulheres que eu puder ajudar e inspirar também perpetuarão minha história. É assim que se vive para sempre”, relata.

Para o mercado de designer brasileiro, ela acredita que esse prêmio conquistado tenha muito a dizer. “Primeiro de tudo, vem o reconhecimento e o prestígio, que pode aumentar a visibilidade do estúdio de design em todo o mundo, gerando reconhecimento e prestígio na indústria. Principalmente por se tratar de uma premiação no berço do Design Mundial, a Alemanha. Também tem a credibilidade, já que uma premiação internacional pode servir como um selo de aprovação, validando a qualidade do trabalho do estúdio aos olhos de clientes potenciais, parceiros e até mesmo outros profissionais do setor. E há a diferenciação competitiva, aonde em um mercado saturado, uma premiação pode ajudar o estúdio a se destacar da concorrência, destacando suas habilidades e conquistas únicas. Poucos estúdios brasileiros já ganharam premiações como essa”, ressalta.

Exemplo para quem está no mercado

Elis conta que vencer na categoria “Excellent Communication – Design Web – User Experience”, em nosso idioma “Experiência do Usuário”, que é uma das áreas mais importantes para projetos online do presente e do futuro é um feito extraordinário, porque esse trabalho impacta não somente em bom visual, mas em aumento de conversão e receita online, redução de custos, retenção de usuários através de projetos pensados para facilitar o uso de portais, sites e plataformas. “O reconhecimento internacional pode tornar o estúdio mais atraente para talentos criativos em busca de oportunidades de carreira estimulantes e desafiadoras. Temos altos índices de procura para novos talentos ingressarem no estúdio”, lembra. Para ela, mesmo não ganhar a premiação já é um grande aprendizado, expansão de redes e negócios. “E mesmo que um estúdio não ganhe uma premiação, o processo de participação pode fornecer valiosos insights e feedback sobre o trabalho, ajudando a identificar áreas de melhoria e aprimoramento. Normalmente, as grandes premiações entregam fichas de avaliação com o feedback nos principais pontos avaliados, que são, entre alguns pontos, ergonomia, funcionalidade e operabilidade, valor prático, conceito geral, qualidade do projeto grau de inovação durabilidade, valor da marca e branding, entre outros”, explica.

Segundo Elis, o reconhecimento de uma premiação internacional pode ser usado efetivamente como parte da estratégia de marketing e publicidade do estúdio, ajudando a atrair novos clientes e projetos. “Além de tudo isso, a multiplicidade brasileira está em alta, e quando somos reconhecidos por esse diferencial brasileiro do pensar Design, projetamos também toda a cadeia de negócios do setor. O Designer Brasileiro é extremamente criativo, múltiplo e rico de experiências que trazem inovação e diversidade para o setor”, elogia. E finaliza: “É possível mudar o mundo com Design. Ninguém, tanto pessoa quanto Ciência realiza essa façanha sozinho. Mas o Design saiu ao longo do tempo do lugar estético, muitas vezes fútil, para o lugar facilitador e promotor da inovação do futuro”.

Continue Reading

Sem categoria

Quando você,  mulher, estiver correndo risco,  o que fazer? 

Published

on

Roger chedid Faixa coral de kenpo havaiano e especialista em defesa pessoal. 

Violência doméstica cresce a cada dia mais,  

o que fazer para diminuir? 

Hoje em dia, estamos cansado de ver na imprensa o quanto essa atividade vem crescendo eo que devemos fazer para minimizar e não correr o risco para que o mesmo aconteça com você. 

Existem diversos fatores que pode ajudar a fazer com que você não passe por esta situação.  Tudo começa na escolha do seu parceiro,  pois a pessoa que já tem um histórico de violência com pessoas ao seu redor e com amigos,  familiares ou companheira é só uma questão de oportunidade para se levantar contra você, afinal se ele já tem um passado agressivo com alguém,  porque não teria com você tambem? 

A prevenção sempre é melhor e mais inteligente que o uso da defesa pessoal,  mas é sempre bom estar preparada para qualquer situação que necessite o uso.  Normalmente quando se perde o respeito todo relacionamento tende a desandar caindo numa rotina que dependendo da situação e das pessoas envolvidas se torna um grande risco das agressões físicas e emocionais darem início,  e o que fazer nessa situação?  Devemos tentar manter o controle da situação o tempo todo para não entrar nessa rotina agredida sem fim,  pois a única saída,  neste momento seria o término de uma maneira pacíficas para que ambos tenham paz e respeito um pelo outro. 

O que fazer quando seu relacionamento está saindo do controle? 

Você deve sempre manter sua família apar, nunca ter vergonha de contar para as pessoas que você ama e busque ajuda,  lembre,  a pendência é sempre mais importante e nunca coloque sua vida em risco. 

A defesa pessoal para a mulheres e muito importante é muito eficaz se for ensinada por um profissional preparado para esta tipo de situação. Alguns fatores podem fazer com que você consiga cair ilesa, como;

A. atenção

Sempre prestar atenção em ruído que está acontecendo aí seu redor. 

B, controle da situação

Em caso de uma situação estranha, manter a calma e controlar a situação para que você possa reagir de acordo com a situação. 

C. Fator surpresa

Esperar o momento ideal para pegar seu oponente despreparado e com eficaz , usar o movimento devido naquela situação com um golpe certeiro , podendo assim buscar um local mais seguro e mais movimentado. 

Em, muito breve,  estaremos com um curso de prevenção e defesa pessoal para as mulheres online para que elas possam aprender a se defender contra os ataques mais sofrido no dia a dia onde ela possa aprender no conforto da sua casa. 

Atenção, foco e atitude pode salvar sua vida. 

@rogerchedid vc

Continue Reading

Sem categoria

Com raízes no samba paulistano, Bel Moura esbanja alegria e é rainha do Camarote 011 em SP

Published

on

By

Rainha do Camarote 011 se emociona ao declarar seu amor pelo carnaval. “Desfilei pela primeira vez no Peruche aos sete anos e nunca mais parei”

Bel Moura, 39 anos, filha de Dona Cida (Destaque da Vai Vai) e de seu Finé na Cuíca ( um dos ritmistas mais respeitados da Rosas de Ouro) é a Rainha do Camarote 011 em São Paulo. Seu primeiro desfile foi aos 4 anos de idade no Bloco Carnavalesco Caprichosos do Piqueri como destaque da Ala Mirim. Aos 7 anos desfilou pela primeira vez no Grupo Especial de São Paulo, na Unidos do Peruche, à frente da ala afro coreografada ao lado de sua irmã.

Ao longo dos anos passou pela elite das escolas do grupo Especial como Camisa Verde e Branco, Águia de Ouro, Rosas de Ouro entre outras. Mas foi em 2011, que teve uma grande oportunidade de participar do Grupo Miscigenação da Mocidade Alegre e foi neste momento que sentiu seu coração bater mais forte, acelerado como o pulsar do coração da escola, a bateria. “Senti que era minha escola do coração”, explica a sambista.  

De 2011 a 2019 se dedicou à agremiação e passou a ser destaque de chão. Em 2012, foi princesa da Corte da UESP e em 2023 além de brilhar no camarote 011 também foi Musa do Bloco do Fervo. 

Léo Rizzo, empresário e responsável pelo Camarote 011 no Sambódromo desde 2019, explica com orgulho o papel da Rainha do Camarote 011. “Queríamos alguém da comunidade do samba, com raíz, histórias e quando conheci a Bel percebi que seria a Rainha perfeita para nos representar. Muita simpatia, samba no pé e amor pelo samba”, explica.  

A Rainha do Camarote 011 recepciona os convidados em todos os dias de desfile do Grupo Especial e também do Acesso 1 (dias 9,10 e 11 de fevereiro) , além do desfile das Campeãs, no dia 17 deste mês. 

Continue Reading

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do Terra